Venda de cursos: 3 estratégias para adotar hoje mesmo!

por Colaborador Parceiro - 19/07/17 ⇠ Veja outros Posts

Concretizar vendas é uma das partes mais complicadas em todo o processo que envolve o funcionamento de uma instituição. É preciso investir pesado, empregar esforços e ter muita organização para atingir todos seus objetivos.

Para te ajudar a conquistar as suas metas, separamos 3 estratégias que são fundamentais para que a sua venda de cursos seja um sucesso! Acompanhe com a gente!

1. Faça um bom planejamento

Faça um bom planejamento

Antes de pensar em venda, você tem que elaborar toda a parte que antecede o seu grande objetivo. Para que seus cursos sejam interessantes e você consiga captar alunos você precisa planejar toda a estrutura que será o alicerce do seu serviço.

Já vimos como fazer isso para EAD (e prometemos que em breve faremos um para a modalidade presencial). Mas independente da forma como você oferece, existem alguns passos que são fundamentais. São eles que darão corpo e os tornarão seus serviços interessantes, chamando atenção do público.

Identificação do público alvo

O primeiro passo nesse planejamento é identificar o seu público. Procure saber quem ele é, quais são as suas demandas, pontos fortes e fracos de conhecimento. Saiba com o que e onde ele trabalha, isso ajudará na próxima etapa.

Só assim você conseguirá criar e fazer a venda de cursos, porque através dessa análise você obterá parâmetros que farão com que o seu serviço atenda de fato aos seus clientes.

Análise de mercado

Entender as necessidades do mercado no qual você deseja destinar o seu serviço é fundamental para o processo de vendas de curso. Além de descobrir o perfil do seu aluno, você precisa entender o motivo que o leva a procurar a suas aulas.

A razão da procura, muito provavelmente, é o anseio por atender questões que tangem o aprimoramento profissional. Por isso, é importante entender o mercado em que todo esse conhecimento será aplicado. Entenda o pontos chave que estão na lista de prioridades de melhoria e capacitação do setor com o qual você irá trabalhar.

Análise da concorrência

Prestar atenção na concorrência é uma atitude indispensável para obter sucesso em seu negócio. A partir da observação das práticas de outras instituições você saberá que atitudes de gestão você deverá aplicar a sua empresa.

Não se trata de uma simples cópia de práticas de gerenciamento, mas sim de uma imersão que o levará a identificar quais são as ações que dão bom resultado e quais não. Assim, a consciência do setor em que você se encontra e as suas necessidades se aprimoram.

Alinhamento de objetivos

Você precisa ter em mente quais são os seus objetivos para sua empresa. Identifique-os e alinhe a eles toda a estratégia que utilizar para a venda de cursos. É essencial que toda atividade que você desenvolva esteja voltada para atender as metas desenhadas durante a fase de planejamento.

2. Não abra mão da divulgação

Não abra mão da divulgação

Para conseguir realizar a venda de cursos em sua instituição você precisa fazer com que as pessoas saibam que você os oferta. Divulgar seu serviço, salientar quais são os pontos que o destacam e explicitar a sua relevância são práticas que são imprescindíveis para o seu negócio dar certo.

Redes Sociais

Os brasileiros gastam em média 650 horas por mês navegando em sites como o Facebook e o Twitter. Isso evidencia o poder das redes sociais no dia a dia da população e, além disso, as configura como uma ótima estratégia para venda de cursos.

Existem muitos sites e aplicativos dentro desse espectro. Iremos salientar alguns que devem fazer parte das suas ações de divulgação:

  • Facebook: rede social com mais usuários em todo mundo. Suporta vários formatos de conteúdo e possui ferramentas de publicidade paga. Além disso, tem a opção de criação de lojas virtuais na própria plataforma.

  • Twitter: textos curtos com até 140 caracteres, linguagem mais objetiva e instantaneidade são as suas principais marcas. Também possui a opção de publicidade paga.

  • Instagram: aplicativo para postagem de fotos e vídeos de até um minuto. Também tem a função ads. De todas as redes, a questão estética aqui é estabelecida de forma mais forte.

  • Youtube: a plataforma trabalha com vídeos, possui várias formas de publicidade paga. Ótima forma de divulgar sua empresa através de degustações de aula, por exemplo.

  • LinkedIn: rede social profissional. Você deseja vender cursos para empresas? Então é bom que sua instituição produza conteúdos que a tornem referência na área e publique nessa plataforma, Faça seus clientes prestarem atenção em você e te conferirem autoridade.

Essas formas de se comunicar com seu público e conseguir aumentar o número de inscrições precisam ser efetivas. De nada adianta ter um perfil nessas redes, você precisa ter uma presença constante e relevante nelas.

Existem algumas práticas que são fundamentais quando se trata de venda de cursos utilizando essas mídias. Vamos apresentá-las para que você as adote em suas ações, visando atingir seus objetivos:

  • Cronograma: agende as suas ações. Você precisa ser frequente em seus perfis.

  • Pauta: crie propostas que orientarão a sua produção de conteúdo

  • Conteúdo: produza um conteúdo relevante, criativo e envolvente, sempre adequado a plataforma em que será publicado.

  • CTA: Call to action (chamada para ação, em português) são estratégias que levam o usuário a continuar se comunicando com a sua empresa. Links para ver outros conteúdos ou com convites para efetivação de alguma compra são fundamentais para que o contato público-instituição não seja facilmente interrompido.

  • Mensuração: sempre meça os resultados de suas ações. Através das métricas você perceberá quais são os conteúdos que têm tido mais retorno.

  • Mobile: muitos usuários acessam redes sociais por dispositivos móveis. Pense em conteúdos que sejam relevantes para esse suporte e que possam ser facilmente carregados mesmo quando o seu público não estiver conectado a uma rede wifi.

E-mail Marketing

Uma pesquisa do IBOPE divulgada em 2014 mostrou que mais de 87 milhões de brasileiros possuem internet em seus domicílios. Esse número corresponde a 40% da população de nosso país. Esse valor sobe para 120 milhões se considerarmos os acessos realizados de outros lugares como trabalho, escola e lan houses.

Esses dados fazem com estratégias de divulgação na web sejam uma ótima opção para atingir o público de sua instituição. Uma prática que pode gerar bons frutos é o e-mail marketing.

Essa é uma maneira de se comunicar de forma direta com o seu potencial cliente. É também econômico e bem efetivo. Mas você precisa estar alinhado à alguns princípios:

  • Lista limpa: não compre um banco de dados de e-mails. Essa não é uma boa prática, pois, além de ter endereços ultrapassados ou fantasmas, muitas daquelas pessoas não tem se quer interesse em estabelecer contato com sua empresa.

  • Captação: construa sua base através de informações cedidas pelo próprio cliente.

  • Assine com o seu nome: para tornar a sua comunicação mais pessoal não assine os e-mails com o nome da sua empresa.

  • Chame os destinatários pelo nome

  • Não faça conteúdos longos

  • Link para descadastro: coloque no fim de suas mensagens opções para quem deseja não estabelecer mais contato com você e sua instituição.

  • Mensure seus resultados

SMS

A PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou que 75% da população brasileira, a partir de dez anos de idade, possui telefone celular. Esse dado faz com que o uso de ferramentas como o SMS sejam ótimas maneiras de ajudar na venda de cursos.

Assim como no caso do e-mail marketing, é muito importante que a sua lista de contatos tenha sido construída de forma limpa, então, nada de comprar uma pronta. Pense bem na linguagem, ela precisa ser efetiva, mesmo com a necessidade de textos mais curtos.

Outro ponto fundamental é inclusão de CTA’s nas mensagens. Lembra quando falamos sobre a importância de manter os usuários mais tempo em contato com a sua empresa? Por isso, não deixe de incluir links que redirecionem a outro material de comunicação, como o seu site.

Site

Site

Sites são ferramentas importantes para ajudar na divulgação e te levar a venda de cursos. É através deles que um potencial cliente busca as informações primordiais sobre a sua empresa, e é lá que, geralmente, um primeiro contato é estabelecido.  

Alimente-o com muito conteúdo sobre sua empresa e os cursos que você oferece. A escolha do domínio é muito importante, ele tem de fazer uma ligação direta com a sua instituição. Outro ponto primordial é torná-lo responsivo. De acordo com a PNAD de 2014, 80 milhões de brasileiros acessam a internet pelo celular. Por isso, o seu site precisa abrir em dispositivos móveis sem perder sua configuração.

3.Use um sistema de gestão de cursos

Use um sistema de gestão de cursos

Ter uma instituição exige muita organização e capacidade gerencial. São muitos os processos necessários para manter a estrutura de uma empresa desse tipo.  E as informações não podem ficar dispersas em ambientes físicos e virtuais.

Esse sistema pode ajudar muito no dia-a-dia de sua instituição, fazendo com que as atividades sejam realizadas de forma integrada, de forma fluida e eficiente. É por esse motivo que indicamos um sistema de gestão para te auxiliar na venda de cursos.

Criação de cursos e turmas

Uma das ferramentas que uma plataforma disponibiliza é a possibilidade de se criar cursos. Cadastre informações como:

  • Tipo: você pode definir a categoria do seu curso. Ele será presencial, in company ou virtual?

  • Nome do curso.

  • Reciclagem: ele é um curso que tem certificação datada?

  • Em que conta bancária o pagamento dos valores referentes ao custo curso irá cair.

Você também poderá criar turmas dentro de cada curso que oferecerá na plataforma. Veja também alguns dados de rentabilidade, estatísticos e de cadastro como:

  • Valor do curso.

  • Modo de pagamento: à vista ou a prazo, com ou sem juros.

  • Número de vagas disponíveis.

  • Datas de início e fim das atividades.

  • Horários.

Através dessas ferramentas você conseguirá fazer com que o processo de criação de cursos e turmas seja bem mais efetivo. Torne seu processo mais organizado e tenha uma noção estatística mais aprimorada da quantidade de serviços que sua empresa oferece.

Inscrição

Fazer a venda de cursos pode se tornar bem confuso e exaustivo sem uma ferramenta que ajude a controlar as inscrições que serão realizadas. Nesse momento muitas informações serão fornecidas pelo seu cliente, e elas não podem ficar soltas e desorganizadas. Elas precisam de um espaço onde se integralizem a outras, alimentando as diferentes áreas da sua instituição.

Você pode fazer o cadastro do aluno no sistema, inserir diversas informações que te auxiliarão em outros processos, como os da área de marketing. As tags serão essenciais para filtrar alunos por informações relevantes, como o curso que ele realiza ou o lugar onde mora.

Integração do sistema com o site

Já falamos da importância da criação de um banco de dados limpo. Uma ótima forma de se construir uma lista de contatos é colocando formulários em seu endereço na web. Se você utilizar uma plataforma de gestão e integrar o seu site a esse sistema todos os dados que forem fornecidos já vão direto para a base.

Vendas

Acompanhe como foi o contato com o possível cliente. Através do funil de vendas você poderá saber em que estágio as pessoas que foram contactadas se encontram. Assim, fica mais fácil de identificar quais são os motivos que impedem uma pessoa de fechar negócio com a sua empresa.

Outra função interessante: pela própria plataforma você poderá realizar a  venda de cursos de maneira descomplicada e eficiente. Insira os valores para cada serviço  e escolha as formas de pagamento, que podem ser através cartão de crédito, boleto, etc.

Depois de efetuada, a venda poderá ser acompanhada. Tenha um panorama de quais compras já foram concluídas, quais estão atrasadas e aquelas que ainda irão vencer. Essa funcionalidade vai aprimorar a gestão financeira de sua instituição.

Apoio à divulgação

Ressaltamos a importância da divulgação para seu processo de venda de cursos. Para otimizar essa tarefa conte com um sistema de gestão. Ele possui o módulo marketing que faz disparos de SMS e e-mail.

Com a base de dados que você construiu e já estão disponibilizadas na plataforma, você vai conseguir realizar sua comunicação de forma mais prática, rápida, assertiva e segmentada. Afinal, a mesma mensagem que é relevante para Pedro, talvez não seja para Ana. A ferramenta tags que vimos na parte de inscrições vai colaborar com seu processo.

Essas dicas que selecionamos irão te ajudar muito, e serão fundamentais para concretizar a venda de cursos de sua instituição. Aplique as estratégias em sua gestão e depois nos conte se funcionou. A gente tem certeza que vai dar certo. Se você tiver alguma outra dúvida, já sabe: entre em contato com a nossa equipe. Estamos sempre dispostos a te auxiliar!

Se você gostou desse post, provavelmente também vai curtir outros. Para não perder nada do que postamos por aqui, assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão. Nos encontramos no próximo artigo, até!

ebook

Colaborador Parceiro

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Ligue agora:

11 4380-6606 31 3047 5405

© NeritEduca

by nerit