Como elaborar um treinamento que dê certo?

por Colaborador Parceiro - 30/05/17 ⇠ Veja outros Posts

Capacitação é a palavra chave para se ter sucesso na atualidade. Melhorar as habilidades técnicas e intelectuais são oportunidades para mudar de vida e ascender econômica e socialmente. Aumentar essas capacidades é o objetivo de um treinamento.

E quando bem elaborado, ele se torna uma ferramenta muito importante para as atividades de gestão, promovendo a valorização e enriquecimento dos conhecimentos dos funcionários, que ajudarão no crescimento de uma empresa. Montar um treinamento não é tão fácil, mas pode ser muito valioso, aqui vão algumas dicas para que você tenha êxito neste processo.

Planejamento x Execução

Existem dois momentos de um treinamento: o planejamento e a execução. A execução se dá no instante da aplicação do programa. O período que antecede a execução é o planejamento, uma etapa primordial para que seu treinamento seja bem sucedido. Você vai pensar em todos os passos que são determinantes para que ele seja enriquecedor e dê certo. Acompanhe o passo-a-passo de como elaborar um treinamento.

Levantamento de necessidades

O primeiro passo, antes de qualquer coisa, é fazer o levantamento das necessidades da empresa para qual você deseja fazer o treinamento. Essa ação é muito importante pois ela busca entender quais são as reais carências daquela instituição, com vista no diagnóstico do problema. Algumas ferramentas podem ser usadas para a investigação das circunstâncias em que a organização se encontra:

  • Observação no dia-a-dia;

  • Pesquisa de satisfação dos clientes;

  • Conversas com outros setores da empresa;

  • Questionários;

  • Entrevista com os funcionários, entre outros.

O objetivo

Depois que você levantou as necessidades do local, você precisa pensar nos objetivos que deseja alcançar com o treinamento. Quando uma crise financeira se instala, uma das primeiras verbas a serem cortadas são as destinadas à capacitação de funcionários. Isso acontece porque muitas das vezes os gestores não definem claramente quais são os propósitos daquela atividade, o que torna difícil a mensuração de resultados daquela ação.

Alguns objetivos podem ser voltados para um treinamento de produto ou serviço novo que chegou na empresa ou até um treinamento comportamental. Para qualquer um deles vale a pena produzir um plano de aula que o oriente no momento da execução.

Conheça seu público-alvo

Ao definir seus objetivos você consegue determinar quais são os possíveis interessados em seu treinamento. Como elaborar um treinamento sem definir o público? Isso é impossível!O seu alvo pode ser os funcionários da própria empresa em que você trabalha ou pode o público externo. De qualquer forma, você deve conhecer muito bem quem será treinado.

Um treinamento para trabalhadores do setor da metalurgia não pode ser o mesmo para os profissionais da educação, por exemplo. Cada grupo exige uma abordagem e uma linguagem diferenciada, se adequar ao segmento com que você interage é um grande passo para obter sucesso em seu programa.

Defina seu tema

Depois de passar pelo levantamento das necessidades, pelo objetivo e pela definição do público-alvo você pode começar a estruturar o escopo do seu treinamento. Inicie pela criação de um tema geral que esteja de acordo com as necessidades identificadas e com as pessoas com quem você deseja falar.

Depois, entro deste tema geral, aponte assuntos para serem abordados que irão ajudar na compreensão por parte dos alunos e que sanem as questões que precisam ser trabalhadas na empresa.

Escolha a metodologia que irá usar

Agora você precisa descobrir a melhor maneira de transmitir todo o que conteúdo que você elaborou para o programa. Levando em conta todas as condições trabalhadas anteriormente no planejamento, você deve escolher uma, das diversas formas, de transmitir o conhecimento preparado. As opções vão desde as tradicionais salas de aula presenciais,  até  classes online em plataformas EAD.

Determine os processos e a técnicas

À partir do cenário com o qual você irá trabalhar determine quais serão os processos e as técnicas utilizadas para transmitir todo conteúdo programado. Você poderá realizar o treinamento se apoiando em técnicas como palestras, conferências, dinâmicas de grupo, estudos de caso, jogos e etc. Escolha a que melhor se adapta ao seu conteúdo, ao público e a metodologia.

Plano de aula

Não deixe nenhum tópico do seu planejamento passar! A criação de um plano de aula é essencial para que você, ou um outro instrutor, consiga seguir o passo-a-passo de um treinamento de sucesso. Algumas informações não podem ser esquecidas:

  • Tema central;

  • Assuntos a serem abordados;

  • Horários;

  • Técnicas a serem utilizadas e etc.

Tempo e custo

Tempo e custo são fatores que devem ser levados em consideração na elaboração de um treinamento. Eles têm de estar de acordo com o orçamento da empresa, mas não se esqueça de  levar em conta a disponibilidade dos alunos.

A má administração do tempo pode fazer com que conteúdos muito importantes se percam e deixem de ser passados, então fique atento à essa questão. Não se esqueça também de observar se o retorno gerado pelo treinamento de fato compensa o investimento feito pela empresa.

Depois de todas as etapas do planejamento concluídas, chega a hora da execução do treinamento, que é assunto para um próximo post. Esperamos que você tenha gostado do nosso passo a passo sobre como elaborar um treinamento. Cadastre-se na nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades. Até a próxima!

ebook

Colaborador Parceiro

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Ligue agora:

11 4380-6606 31 3047 5405

© NeritEduca

by nerit