Metodologia ativa no ensino à distância, como funciona?

por Samuel Elom em 26/Feb/2019 ⇠ Veja outros Posts

A tradicional transmissão de conhecimento unilateral onde o professor fala e os seus alunos escutam passivamente já não é o bastante para atender as necessidades e aspirações dos estudantes. É neste cenário que as metodologias ativas ganharam respaldo de vários educadores ao redor do mundo.

Algumas metodologias de ensino diferenciadas vêm sendo desenvolvidas por educadores, que acreditam na possibilidade de promover mudanças nas suas práticas pedagógicas, objetivando uma aprendizagem significativa.

Essa abordagem é dinâmica, integradora, atual e busca novas possibilidades da educação. Neste texto vamos explorar como essa metodologia pode ser aplicada cursos de educação à distância.


O que são metodologias ativas

Caracteriza-se por processos de ensino interativo em que o aluno/estudante é o principal responsável por sua experiência de aprendizado.

A aprendizagem ativa “quebra” com o modelo tradicional de ensino onde o professor passa o conteúdo e o aluno recebe de forma passiva. Nesse processo o estudante passa a ser protagonista, participando da aula de forma dinâmica.

Estudar através da vivência/experiência prática facilita o processo de aprendizado e pode ser aplicado desde a educação infantil até cursos de ensino superior.

Benefícios da metodologia ativa

Autonomia do aluno

A absorção do conhecimento é algo particular, individual, sendo assim, o tradicional método de transmissão de informações já não basta.

O estudante se torna protagonista de seu próprio aprendizado, essa autonomia traz vantagens, mas também responsabilidades. Ajuda a desenvolver senso crítico e proatividade.

As instituições de ensino podem tomar atitudes simples com foco na autonomia do estudante, como, por exemplo:

 

  • Deixar que os alunos explorem suas teorias, referências, dinâmicas.

  • Deixar que os alunos escolham temas (dentro da disciplina) para produção de textos, debates, apresentações.

  • Abrir espaços para que alunos possam dar feedback sobre as aulas.

  • Fomentar a cooperação entre colegas faz o aluno se sentir mais útil.

Aprendizado na prática

A combinação entre teoria e a execução é mais efetiva para absorção de conhecimento.
Ao invés de deixar que o aluno seja um mero expectador, o foco passa a ser explorar atividades que propõe colocar a “mão na massa”. Por exemplo, em um curso de publicidade e propaganda, professores podem propor aos alunos que desenvolvam a identidade de uma marca e suas ações. Os erros cometidos pelos próprios estudantes são parte importante desse processo, podem ser expostos e corrigidos, no momentos da avaliação.

 

Integração

Muitas das atividades da metodologia ativa fomentam trabalhos para gerar uma solução em grupos. Dessa maneira trabalha a capacidade de o estudante de desenvolver trabalho em equipe.


Benefícios para instituições de ensino

Melhora da percepção dos alunos e do mercado com a instituição

Aplicar metodologias ativas no plano de ensino mostra uma empresa atualizada, que pensa na satisfação e necessidades dos estudantes.

Se manter forte no mercado de educação exige atualização constante, principalmente quando falamos de ensino à distância, modalidade diretamente ligada às plataformas digitais. Aplicar corretamente novas formas de aprendizado pode fortalecer a identidade da sua marca.

Profissionais capacitados

A educação ativa exige que o profissional esteja preparado para desempenhar o seu papel de tutor, conduzindo o estudante a um objetivo. Assim como o método, os professores precisam ser dinâmicos, atualizados, entender a necessidade dos alunos. Esses educadores são a principal conexão entre a instituição e o aluno.

Atração, captação e retenção de alunos

O uso das abordagens de aprendizado ativo é uma arma poderosa para instituições de ensino quando se trata de captação e retenção de alunos. Existem diversas atividades envolvendo metodologias ativas, uma delas pode ser o diferencial de uma empresa de cursos.


Confira mais conteúdos semelhantes em nosso blog:
Evasão de alunos em EAD: como combater?

13 tendências na educação para ficar de olho

Tudo sobre aprendizagem adaptativa

 

Confira alguns exemplos práticos para aplicação de metodologias ativas:

A metodologia ativa é um universo aberto, que pode ser adaptado a vários contextos a depender da necessidade e recursos disponíveis. São inúmeros exemplos utilizados em todo o mundo. Escolhemos alguns exemplos práticos já bem conhecido desse modelo:

Gamificação

Consiste no  uso de elementos presentes na dinâmica dos games para alcançar determinado objetivo, por exemplo, uma recompensa. O interessante é que todo processo do jogo é focado em promover o aprendizado.

Entre as principais vantagens da gamificação, podemos destacar:


Interatividade

Leva o aluno a tomar decisão de acordo com as interações, ao invés de simplesmente receber uma informação direcionada.

 

Trabalho conjunto

A gamificação deve ser aplicada de forma a induzir o estudante a combinar habilidades, recursos e informações, trabalhar de forma cooperativa para se chegar a determinado objetivo.


Interesse do aluno

Um dos maiores desafios da educação é o desinteresse dos estudantes, muito ligado no ensino tradicional a sua situação de agente passivo. Já com as características dinâmicas dos games, o aluno está ativamente imerso no processo de aprendizagem despertando o seu interesse.

Quer saber mais sobre gamificação? Temos um eBook completo sobre o tema:
eBook: Gamification - Aprimorando Negócios com games

 

Classe invertida - Flipped Learning

Uma metodologia em que o conteúdo deve ser estudado pelo aluno previamente e a sala de aula se torna um espaço para debate, dúvidas e atividades interativas.

 

Uma das grandes vantagens desse modelo é que o estudante pode escolher qual método se encaixa melhor no seu ritmo de aprendizado e disponibilidade de tempo. O uso da internet proporciona a absorção de conteúdo através de vídeos, aplicativos, textos, entre outros.
A sala de aula invertida proporciona maior troca de informações entre os alunos sob curadoria dos professores/orientadores.

A mistura entre a pesquisa online feita previamente pelo estudante e o espaço físico da sala de aula usado para discussão do tema, caracteriza blended learning - Ensino Híbrido (A integração entre educação à distância e o tradicional ensino presencial).

 

Solução de problemas práticos

Os estudantes são provocados a solucionar um problema real ou simulado a partir de um contexto. Sendo assim esse método é de aprendizagem focado no aluno, que deixa o papel de receptor passivo e assume o lugar de protagonista do seu próprio aprendizado por meio da pesquisa, dados, discussões e ações para resolver os desafios colocados ali.


A educação é uma área em constante transformação, é dever das instituições de ensino acompanhar essas mudanças no comportamento e novas ferramentas disponíveis que possam otimizar o processo de aprendizagem, afinal o foco é na capacitação do estudante.

Continue acompanhando nosso conteúdo acessando o nosso blog.




Samuel Elom

Estudante de Jornalismo - Time de Marketing

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

Ligue agora:

11 4380-6606 31 3047 5405

© NeritEduca

by nerit